O início do fim…

Já experimentou acreditar em você? Tente! Você não faz ideia do que é capaz.
(Rogério Stankevicz)

Anúncios

Agora começa toda aquela correria e projetos sem fim para o tal novo ano, tudo que importa é o Natal, ano novo e a insanidade de ser alguém inalcançável em 2018.

Massssss como as mães dizem: VOCÊ NÃO É TODO MUNDO! Rs

Aproveite o AGORA, viva a expansão que Dezembro te trás, de amor, família e busque dentro de você a realização que você procrastinou e faça!

O que realmente te faz feliz? O que faz seu coração bater? Será mais um ano pra você ou vai fazer valer a pena? Aproveita a reflexão e comece! O ano não precisa acabar, não se de mais desculpas pra buscar o que realmente te faz bem e feliz!

Seja você, sua melhor versão AGORA.

Já experimentou acreditar em você? Tente! Você não faz ideia do que é capaz.

(Rogério Stankevicz)

Livra-se das distrações

Até quando vai perder seu tempo se preocupando com o que poderia ter acontecido?
“Pequenas coisas afetam pequenas mentes.”
Benjamin Disraeli

Até quando vai perder seu tempo se preocupando com o que poderia ter acontecido?

Seus sentimentos e ações dependem do que?

Não dependa dos elogios, reconhecimento e aprovações.

Tudo começa em nós!

Tudo o que envolve o outro gera frustrações, consequentemente o sentimento da não reciprocidade, no amor, na amizade ou em qualquer tipo de relacionamento.

Seu bem estar, não depende de ninguém além de você mesmo!

A tendência do ser humano é sempre culpar o outro por suas ações e seus sentimentos, mas felizmente eles só dependem de você!

Seja luz em você, brilhe!

Pequenas coisas afetam pequenas mentes.

Benjamin Disraeli

DESCULPE O TRANSTORNO…

19113685_221511958368535_2943732913815488111_nQuem nunca se sentiu culpada por falar o que sente? Principalmente por saber que não será compreendida? De quem é a culpa? Dizem que falar faz bem, guardar vira doença, mas, a sua hora de falar é o momento do outro lado ouvir?
A verdade de tudo isso é que em qualquer tipo de comunicação, emoção, relação ou sentimento, existe renúncia, lembrando que ela é um ato ou efeito de si mesmo.
Te faz bem? Te faz feliz? Vale a pena? Desculpe o transtorno, hoje não tenho respostas, são apenas questionamentos para o auto conhecimento.
Onde as respostas estão? Dentro de você! Basta ter coragem.